Um trecho do meu livro uma mistura de silêncio e observação.




Não descuido da vida descuido do tempo, pois o tempo passa e a vida permanece em cada manha em cada por do sol nas estrelas da noite no olhar atabalhoado de uma criança que na revoar da passarada fica parada ante demonstração sinto sua solidão sinto ali seu coração , Posso ser bicho temporal isso não e fazer chover e sentir e ver o tempo passar onde o azul se mistura com vermelho ante aos prédios onde de longe enxergo esse mundo onde um dia eu morei e foi lá que deixei meu tempo de rir de chorar de ser eu para ser alguém cuidado seu moço esse planeta ai esse é meu onde um dia vou voltar entre o céu e a terra onde o tempo passa e ai que vou ficar  na sombra de uma arvore onde mora um passarinho que lá canta sua canção voou voou a passarada e fica aqui meu coração ...

Fonte.
De costas para o silêncio.
Trechos do meu silêncio.
Autor Juvenal Sandro Bispo.

                                                                                 

Postagens mais visitadas