Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2013

Madiba.

Invictus

Do fundo da noite que me envolve
Escura como o inferno de ponta a ponta
Agradeço a qualquer Deus que seja
Pela minha alma inconquistável

Nas garras dos destino
Eu não vacilei nem chorei
Sob as pancadas do acaso
Minha cabeça está sangrenta, mas ereta

Além deste lugar tenebroso
Só se percebe o horror das trevas
E ainda assim, o tempo,
Encontra, e há de encontrar-me, destemido

Não importa quão estreito o portão
Nem quão pesado os ensinamentos
Eu sou o mestre do meu destino
Eu sou o comandante da minha alma

Estrada.

Bom há tempos em que não escrevo, parece que paramos de pensar no que passou no agora e no depois. Mas talvez seja um raro momento em que ficamos off de tudo o que se passa e entramos em uma viagem solitária em nossas mentes buscando sempre algo que possa preencher um vazio que sempre teima em aparecer . Mas na verdade o homem como escreveu Augusto Cury. Desejo que você Não tenha medo da vida, tenha medo de não vivê-la. Não há céu sem tempestades, nem caminhos sem acidentes. Só é digno do pódio quem usa as derrotas para alcançá-lo. Só é digno da sabedoria quem usa as lágrimas para irrigá-la. Os frágeis usam a força; os fortes, a inteligência. Seja um sonhador, mas una seus sonhos com disciplina, Pois sonhos sem disciplina produzem pessoas frustradas. Seja um debatedor de ideias. Lute pelo que você ama. Augusto Cury Amamos o que queremos ou queremos o que amamos? Posso só pensar em uma reflexão se e que depois dessa ainda ouso falar Sem medo Meu céu e sol e chuva. A curvas na vida. Só consegue quem er…