Pular para o conteúdo principal

Bom deixa para lá. Da licença.


Meu querido diário, quantas vezes começamos assim e o diário fica lá  quem disse que homem não escreve sua biografia masculinizada é raro, mas escrevo eu mesmo quando morava em Sampa tinha lá meus dias e todo ano novo entrava debaixo da cama é lá estava eu escrevendo que se passara mais um ano e assim por diante na primeira paixão no primeiro pé lá mesmo onde você está pensando, meu primeiro emprego minha primeira birita e meu primeiro porre ai estão esse e um diário capenga, mas a vida nos ensina a escrever ou melhor a escrever e deixar o obvio de lado esconder o que não se quer nem em hipótese alguma lembrar, mas nosso cérebro e uma caixinha de surpresas do tamanho do universo pelo que já andei lendo são 100 terabytes de informação, Jesus é muito para tanta burrice e haja caderno ou espaço em HD  nas nuvens então  Cloud Computing não e o Van Dan ( Jean Claude Van Damme) nada contra o cara e só para não confundir. Vai congestionar o céu de tanta besteira alheia e minha escapa não tem dia que só por Deus.
Mas palavras são palavras e tiros são tiros quando saem nunca voltam preste atenção vai la bom dia para quem trabalha esquece o Planalto Central shiiiiiiiii rapaz já saiu um tiro, mas convenhamos o dedo e seu á urna e eletrônica e nossa, já o cérebro e capaz de cada uma. Abraço a todos que trabalham honestamente beijo na alma e deixa meu diário para outro dia eu machista que isso !  

Juvenal................................................................................................................

Coloque seu nome.
  

Postagens mais visitadas deste blog

A sexta extinção.

Estudo desenvolvido por cientistas do México e EUA nota que no último século os vertebrados têm estado a desaparecer a um ritmo 114 vezes superior ao do passado.

Podemos concluir com elevado grau de certeza que as taxas de extinção modernas são excepcionalmente altas, que estão a aumentar e que sugerem que está em marcha uma extinção em massa”, dizem os autores da equipa liderada por Gerardo Ceballos, no estudo publicado na Science Advances. Esta será, lembram, a sexta extinção do gênero nos 4,5 mil milhões de anos de história do planeta Terra

“São incontestáveis as provas de que as taxas de extinção recentes não têm precedente na história do homem e são altamente incomuns na história da Terra”, afirmam os autores, acrescentando que a sua análise permite concluir que “a nossa sociedade global começou a destruir outras espécies a um ritmo acelerado, iniciando um episódio de extinção em massa nunca visto em 65 milhões de anos”.
Leia o link abaixo.
http://advances.sciencemag.org/content/1/5…

Silencie as guerras !

As lagrimas devem parar. 

Comum acordo sobre a soberania mundial.

Obama / Putin 
Um retrato fiel.