Pular para o conteúdo principal

O X da questão!

Esse e o X da questão o Brasil vai ou não vai hoje fiz um breve comentário no Twitter sobre urbanização desorganizada coisa de louco e só dar uma olhada em Sampa para os chegados que você logo vê a falta de estrutura e de moradia e as condições precárias que vivem o povo não da para acreditar Itaquerão, Copa do mundo tanto dinheiro gasto com isto e tanta gente passando apertado, ou melhor, vivendo no aperto e o governo federal, estadual e municipal gastando horrores em construções que irão encarecer mais as áreas em questão e irão beneficiar poucas pessoas ah não me venha com esse papo de criação de empregos e depois cadê os empregos quem ira morar nestes lugares que certamente irão custar o olho da cara gostaria de saber sobre o abandono da população das favelas do desemprego da falta de escolas de hospitais de uma organização dos corredores de ônibus sem falar no preço das passagens e do metro aquele curralzinho ETA coisa de louco ainda colocam uma placa com os dizeres espere a saída para depois entrar na composição e demais da conta falta tudo respeito coesão diretrizes para um novo ano que está para chegar como ficarão as coisas a uma falta de estrutura que leva o povo a morar em qualquer lugar sou da gema morei na Vila alpina trabalhei na Mooca vivi em São Caetano, mas vejo que nada mudou pra que tanto gasto se o povo não vai comprar ingresso para ver os jogos por um acaso quanto irão custar os ingressos para mim já deveria sair de graça pelo gasto e festa que estão fazendo Veja bem... O Corinthians oficializou nesta terça-feira o acordo fechado com a Odebrecht para que a construtora seja a responsável pela construção do Itaquerão, nos moldes exigidos pela FIFA, a fim de possibilitar que o novo estádio receba a abertura da Copa do Mundo de 2014. De acordo com o clube, a obra foi orçada em 820 milhões de reais - como havia adiantado a coluna Radar On-line, de Lauro Jardim. E a copa La vai Calcula-se que o Mundial de Futebol do Brasil consumirá cinco bilhões de dólares, embora as estimativas finais, quando anunciadas, devam prever cifras bem maiores. Foi o que aconteceu nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro. Inicialmente orçados em 500 milhões de reais, estima-se que tenham consumido quatro bilhões de reais. Poucos países podem fazer como os Estados Unidos, que organizaram uma Copa do Mundo (em 1994) e duas Olimpíadas (em 1984 e 1996) sem um centavo de ajuda do erário. Isso porque toda a infra-estrutura estava pronta. Na Alemanha, o setor público (local ou federal) financiou um terço dos dois bilhões de dólares gastos nas obras nos estádios. - como havia adiantado a coluna Radar On-line, de Lauro Jardim

. Olha o retorno As estimativas sobre número de turistas, geração de empregos e impacto do evento sobre o PIB em geral são exageradas. Levantamentos dão conta de que em 1994 os EUA aumentaram em 1,4% o PIB; em 1998, na França, o PIB cresceu 1,3% a mais; em 2002, a Coréia o elevou em 3,1% enquanto o Japão teve decréscimo de 0,3%; e a Alemanha teve 1,7% a mais no PIB em 2006. Mas antes do Mundial da Alemanha, falou-se na criação de 100.000 empregos. Um estudo feito depois do evento contabilizou apenas metade desse total. A Coréia do Sul esperava 500.000 turistas a mais em 2002. Só apareceram 50% deles. Veja.com bom me respondam qual e o X DA QUESTÃO e ainda mais com essa seleção.

Acorda Brasil!

Postagens mais visitadas deste blog

Silencie as guerras !

As lagrimas devem parar. 

Esta obra entrará para os anais e menstruais de Sucupira e do país.

Antes da copa depois da copa .
“DUZENTOS E UM milhões em ação, pra frente Brasil do meu coração. [...] De repente é aquela corrente pra frente parece que todo o Brasil deu a mão. Todos unidos na mesma emoção, tudo é um só coração. Todos juntos vamos, pra frente Brasil, salve a seleção.”
Triste sina do brasileiro sem metro , sem ônibus, sem carro, sem bicicleta, sem jumento sem dinheiro no bolso, mas feliz finalmente ela chegou, será que Miguel Gustavo teria a mesma alegria gerada em 1970 para compor está letra. Só mudei a quantidade no inicio me perdoe Miguel. Geralmente gosto de futebol embora nunca tenha sido bom nisso sempre jogava uma pelada de domingo a domingo hoje me coloco como mero espectador sou Curintiano até morrer como fala o povo, mas vou assistir aos jogos da seleção e torcer para que este seja o ano da copa da cozinha da sala dos quartos o povo merece , mas depois da copa como serão usados os estádios o Itaquerão  nem pensar em demolição morro grudado as paredes mas c…

A sexta extinção.

Estudo desenvolvido por cientistas do México e EUA nota que no último século os vertebrados têm estado a desaparecer a um ritmo 114 vezes superior ao do passado.

Podemos concluir com elevado grau de certeza que as taxas de extinção modernas são excepcionalmente altas, que estão a aumentar e que sugerem que está em marcha uma extinção em massa”, dizem os autores da equipa liderada por Gerardo Ceballos, no estudo publicado na Science Advances. Esta será, lembram, a sexta extinção do gênero nos 4,5 mil milhões de anos de história do planeta Terra

“São incontestáveis as provas de que as taxas de extinção recentes não têm precedente na história do homem e são altamente incomuns na história da Terra”, afirmam os autores, acrescentando que a sua análise permite concluir que “a nossa sociedade global começou a destruir outras espécies a um ritmo acelerado, iniciando um episódio de extinção em massa nunca visto em 65 milhões de anos”.
Leia o link abaixo.
http://advances.sciencemag.org/content/1/5…